PROJETOS

GRIFORT E O NOVO HUGO

As imagens de “antes” e “depois” revelam com clareza a transformação promovida na central de hotelaria instalada pela Grifort no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), a maior unidade de saúde de Goiás e segunda na região Centro-Oeste.

A Grifort começou a colocar em prática sua solução integrada em saúde no Hugo em maio de 2012.

Na ocasião, encontrou máquinas obsoletas e sem manutenção, déficit no número e qualidade de enxovais, profissionais desmotivados e processos ineficientes.

Por falta de pessoal treinado, equipes de enfermeiras acabavam por fazer a troca de roupas de leitos e pacientes sem auxílio de equipe treinada.

Em poucos meses de atuação, a Grifort promoveu uma revolução no hospital. Equipamentos antigos foram trocados por máquinas de última geração, sem interrupção das lavagens rotineiras.

Toda a estrutura física passou por ampla reforma. Isso sem falar na contratação de um exército de camareiras, para apoiar a enfermagem na humanização do atendimento ao paciente.

Atualmente, a empresa oferece ao novo Hugo camareiras capacitadas por psicólogos. São as “Donas Gentileza”.

Os profissionais da Grifort realizam todo o trabalho de processamento, desinfecção, esterilização e distribuição de enxovais em perfeitas condições de higiene e conservação 24 horas por dia.

Com essa mudança, as equipes de enfermagem e médica passaram a se dedicar à atividade que melhor desempenham: a assistência aos pacientes.

Foram alterações estruturais que, em conjunto, garantem maior controle contra infeções hospitalares. A Grifort leva ao Hugo o que há de mais atual no mercado para atender aos usuários do SUS.

Especializado em atendimentos de grandes traumas, o Hugo recebe pacientes de todos os municípios de Goiás e também de outras unidades da federação. Os números impressionam.

Em 2013, o hospital realizou mais de 70 mil atendimentos, mais de 12 mil procedimentos cirúrgicos e mais de 30 mil internações. Para atender toda essa demanda, a Grifort, diariamente, lava, desinfeta, esteriliza, embala e distribui 3,5 toneladas de roupas, lençóis e panos cirúrgicos utilizados no atendimento a pacientes e acompanhantes e no trabalho de toda equipe do hospital.

Esse processo utiliza a mais alta tecnologia. Desde que a Grifort iniciou suas atividades no Hugo, o número cirurgias no hospital aumento 43%.

ANTES

DEPOIS

DONA GENTILEZA

Nos corredores das unidades onde o Grifort opera, os profissionais da empresa são conhecidos como “Dona Gentileza”.

É uma nova modalidade no serviço de saúde, que criou novos empregos e tem treinamento diferenciado para muitos brasileiros.

Muito além do trabalho de uma simples garçonete, a “Dona Gentileza” é constantemente treinada por psicólogos da Grifort para entender os dramas de cada paciente e atuar de acordo com as complexidades de cada situação.

Eles recebem treinamento focado no comportamento, abordagens motivacionais, biossegurança, relações interpessoais, noções de cidadania.

Tudo isso sempre garante um tratamento humanizado. Isso se traduz em oferecer carinho, respeito e calor humano aos pacientes.

Em resumo, o trabalho da “Dona Gentileza” é fazer com que o tempo que os pacientes no hospital tenham que gastar da maneira mais digna possível, seja qual for a imagem de saúde do mesmo.

Através da profissionalização de processos, Grifort criou uma metodologia para medir atividades e desenvolver melhores práticas na prestação de serviços de suporte.

A “Dona Gentileza” também é responsável pela aplicação de pesquisas de satisfação aos usuários. A intenção da pesquisa é ouvir a clientela do sistema para sempre melhorar os serviços.